As mudanças climáticas estão bem perto de nós | Comida Boa - Do Campo à Mesa

Temas Temas
Temas

As mudanças climáticas estão bem perto de nós

As mudanças climáticas estão bem perto de nós

Se você vive nas regiões Sul e Sudeste, já deve ter percebido o que chuvas intensas são capazes de fazer. Alagamentos, deslizamentos, perdas materiais e até mortes são alguns dos impactos gerados em locais como a cidade de São Paulo, o litoral de Santa Catarina ou a região serrana do Rio de Janeiro.

Ainda que esses eventos sejam naturais, a preocupação dos cientistas é que eles se tornem cada vez mais frequentes por conta das mudanças climáticas. 

E você já se perguntou o quanto somos afetados por essas oscilações do clima? O quanto ondas de calor ou de frio do outro lado do mundo nos atinge? Quer saber mais? Segue a leitura desse texto.

Reação em cadeia

Nosso jeito de viver tem relação com o aquecimento global. Portanto, essa responsabilidade é nossa também.

O Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), órgão das Nações Unidas, afirma que a atividade humana é a principal responsável pelo aquecimento global, causado pelo significativo aumento na emissão de gases de efeito estufa, especialmente CO2.

O uso de combustíveis fósseis (derivados de petróleo, carvão mineral e gás natural), algumas atividades industriais e agropecuárias, desmatamento e o descarte de lixo sólido estão entre as principais práticas que resultam em maior emissão dos gases do efeito estufa.

Clima cada vez mais descontrolado

A elevação da temperatura do planeta acelera o derretimento das geleiras e, como consequência, o nível do mar vem subindo. Se nada for feito, é provável que ilhas e cidades costeiras simplesmente desapareçam.

Os pesquisadores alertam que as mudanças climáticas também podem resultar no aumento da ocorrência de eventos climáticos extremos como furacões, ondas de calor, seca, grandes tempestades, inundações e nevascas.

Situações assim, certamente, trarão graves problemas para a humanidade e o meio ambiente, levando, inclusive, ao desaparecimento de espécies animais e de plantas.

Na série documental da Netflix, você confere como as mudanças climáticas afetam todos os seres vivos.

Sua praia pode ser atingida

E se você pensa que o degelo da Groenlândia não pode atingir a sua praia, está enganado. O derretimento do gelo do outro lado do mundo, como na Groenlândia, aumenta o nível dos oceanos e quando a água chega perto da linha do Equador, aquece. Como resultado, as praias do Rio de Janeiro, Recife e Belém podem ser afetadas por avanços na sua orla.

Confira a matéria que fala sobre os resultados de um estudo da Nasa que tem monitorado regiões portuárias no mundo.

Podemos ficar sem alimentos

Como a agricultura é muito dependente do clima, qualquer alteração importante atinge a produção em cheia. Perdas de produtividade ou até incapacidade de se plantar e colher é o mínimo que se pode prever.

Um estudo da Embrapa analisou o que aconteceria com a agricultura brasileira em diferentes cenários de elevação de temperatura do planeta. O aumento de 3° C até 2050 teria como impacto a redução de até 50% na produção agrícola no Brasil.

Dá para imaginar? Se a produção de alimentos reduzir pela metade, além de aumento de custos, teremos mais problemas com a fome. E o que será que estamos fazendo diante de uma previsão dessas?

Assista ao episódio Mudanças Climáticas e descubra.

Usamos cookies para melhorar a experiência de nossos usuários em nosso site. Ao acessar nosso conteúdo, você aceita o uso de cookies como prevê nossa política de cookies. SAIBA MAIS

Aceitar